terça-feira, 28 de outubro de 2008

Sol II


Portugal ou qualquer outro lugar - 2008
Fotografei o Sol. (:S...?!?#$!?!?....!!!!)
E Eis o resultado. (...)
:) :D

Portugal 2008

Esta imagem para mim representa parte de um caminho. Podemos continuar, também podemos voltar atrás, podemos ainda parar e quem sabe semi-cerrar os olhos e perscrutar o horizonte em busca de alguma resposta, uma pista sobre o que estará lá mais à frente. Se o fizermos pagamos com tempo. Uma viagem.

Esta imagem fez-me também lembrar de uma música que gosto bastante, e que já não ouço há algum tempo. Mas lembro-me da letra, e do videoclip, das mensagens e imagens sobre (e de) pessoas desaparecidas. Muitas crianças... Demasiadas viagens com bilhete só de ida.


"Runaway Train" - Soul Asylum - 1993

"Call you up in the middle of the night. Like a firefly without a light. You were there like a blowtorch burning. I was a key that could use a little turning. So tired that I couldnt even sleep. So many secrets I couldnt keep. I promised myself I wouldnt weep. One more promise I couldnt keep. It seems no one can help me now, Im in too deep; theres no way out. This time I have really led myself astray. Runaway train, never going back. Wrong way on a one-way track. Seems like I should be getting somewhere. Somehow Im neither here nor there. Can you help me remember how to smile? Make it somehow all seem worthwhile. How on earth did I get so jaded? Lifes mystery seems so faded. I can go where no one else can go. I know what no one else knows. Here I am just a-drownin in the rain. With a ticket for a runaway train. And everything seems cut and dried, Day and night, earth and sky, Somehow I just dont believe it. Runaway train, never going back. Wrong way on a one-way track. Seems like I should be getting somewhere. Somehow Im neither here nor there. Bought a ticket for a runaway train. Like a madman laughing at the rain. A little out of touch, a little insane. Its just easier than dealing with the pain. Runaway train, never going back. Wrong way on a one-way track. Seems like I should be getting somewhere. Somehow Im neither here nor there. Runaway train, never coming back. Runaway train, tearing up the track. Runaway train, burning in my veins. I run away but it always seems the same."

terça-feira, 21 de outubro de 2008

sexta-feira, 17 de outubro de 2008


Elvas - Portugal 2008

Disse-me esta mulher com o olhar:
Esta é a minha fé.
A minha fé diz-me o que preciso ouvir.

E alguém lhe diz (mas ela não ouve):
A tua fé és tu.
És tu que te dizes o que precisas de ouvir.

Essa força vem de ti.

Crença. Fé. Esperança. A que se resume isto?

What is religion? What is your religion?

segunda-feira, 6 de outubro de 2008


Mina - Portugal 2008

O que vês quando olhas no espelho?

Sol


Mina - Portugal 2008

Sol é astro luminoso. É estrela. É centro do nosso sistema planetário. É a quinta nota da escala natural. É peixe plectógnato. É a porta nas antigas vilas e cidades muralhadas. É aquilo que nasce e se põe e que assim define os dias.

E é bom senti-lo na pele.