domingo, 16 de maio de 2010

Relações

As relações, qualquer que seja o seu tipo, nem sempre são lineares e nunca são fáceis de definir.
Por vezes surgem momentos difíceis em que tudo parece perder o sentido e em que, de alguma forma, não conseguimos ouvir correctamente o nosso coração.
Não existem nem nunca existirão relações perfeitas. A sua existência justifica-se exactamente pelo facto da sua não perfeição. É o dia-a-dia e a forma como lidamos e vamos apreendendo as situações que constituem uma relação verdadeira e única. Irão sempre existir divergências, guerras interiores, lutas de espaço e posição, discussões por coisas sem relevãncia, debates sobre variados temas, alguns ciúmes, rotinas, defeitos e... etecetera! Mas tudo vale a pena quando existe companheirismo, amizade, paixão, divertimento, pura alegria, felicidade... partilha... O mais importante em tudo é mesmo isso, partilhar. Isso é amor. E assim se constrói uma relação.
Estas palavras são dedicadas ao sorriso lindo que consegue iluminar os meus dias ;) LU.

domingo, 9 de maio de 2010

Ovibeja 2010



Ovibeja - Portugal 2010
Quem foi este ano à Ovi? E o que acharam?

Pode-se beber?


"No Barranco" - Neves - Portugal 2010
Claro que sim... ;)

As flores que me ofereces todos os dias :)

Ser positivo

Às vezes erramos, falhamos.
E nada se compara a esse sentimento de desilusão, connosco próprios. Custa imenso.
Mas talvez aí se encontre afinal uma oportunidade para aprendermos, crescermos e melhorarmos.
Talvez a ocorrência desses momentos e o facto de nos apercebermos deles seja na verdade uma benção.