domingo, 3 de abril de 2011

Martina Topley Bird



UAU!!! Que voz fantástica.
Foi por acaso que na passada 6.ª feira, dia 1, fui assistir ao concerto desta cantora britânica, em Beja (a propósito..... obrigada Mary ;)!!!!). Não sabia quem era a artista, fui com aquela atitude de "se não gostar venho-me logo embora" mas fui apanhada de surpresa!
Começa o espetáculo... em palco duas pessoas e uma série de instrumentos. Ela, não percebi logo se branca se negra, cabelo afro mas loiro, de sweat azul bebé e saia roxa bailarina, calças justas e saltos altos. Ele vestido de ninja, negro. Logo aqui gostei deles... qualquer coisa naquele aspecto meio nonsense e descontraído adivinhava que este concerto ia ser diferente. E foi muito especial.
Quando ela começou a cantar percebi que podia estar vestida de Armani ou Valentino,não interessava, podia até trazer um traje tribal, podia até mesmo estar nua... o timbre de voz dela transporta-nos para bem longe daquele patamar em que se perde tempo a fazer juízos sobre a aparência de alguém.
A voz é angelical, maravilhosa. As músicas são bonitas, têm o tal je ne sais quoi...
Aqui coloquei uma música que obviamente não conhecia antes mas entrou logo no ouvido: Lying. Encontrei este vídeo que de certa forma foi o mais aproximado ao que assisti e como era isso que queria transmitir aqui está ele!

Muito bom. Oiçam e deixem-se levar!