terça-feira, 29 de abril de 2008

"Waking up I see that everything is ok
The first time in my life and now it's so great
Slowing down I look around and I am so amazed
I think about the
little things that make life great
I wouldn't change a thing about it
This is the best feeling
This innocence is brilliant, I
hope that it will stay
This moment is perfect, please don't go away, I need you now
And I'll hold on to it, don't you let it pass you by
I found a place so safe, not a single tear
The first time in my life and now it's
so clearFeel calm I belong, I'm so happy here
It's
so strong and now I let myself be sincere
I wouldn't change a thing about it
This is the best feeling
This innocence is brilliant, I hope that it will stay
This moment is perfect, please don't go away, I need you now
And I'll hold on to it, don't you let it pass you by
It's the state of bliss you think you're dreaming
It's the
happiness inside that you're feeling
It's so beautiful it makes you wanna cry
It's the state of bliss you think you're dreaming
It's the happiness inside that you're feeling
It's so beautiful it makes you wanna cry
It's so beautiful it makes you want to cry
This innocence is brilliant, it makes you want to cry
This innocence is brilliant, please don't go away
Cause I need you now
And I'll hold on to it, don't you let it pass you by
This innocence is brilliant, I hope that it will stay
This moment is perfect, please don't go away, I need you now
And I'll hold on to it,
don't you let it pass you by".

Letra "Innocence" - Avril Lavigne
Que bonita esta música. Hoje acordei com esta letra na cabeça, as notas do piano a acompanhar, e estas palavras a ribombar, suavemente, à medida que o Sol subia. Eu chamar-lhe-ia harmonia.

quarta-feira, 23 de abril de 2008


Lisboa - Portugal 2007

Sabem que vos digo?
Não há certezas de nada nesta Vida nem neste Mundo
....
talvez e apenas que não existam nem só esta Vida nem só este Mundo. Agora.

Alter-ego


Marina de Albufeira - Portugal 2007

O nosso ego é prisão.

Não gostamos dos outros por aquilo que são,

mas somente pelo que conseguem despertar em nós.


(directly from bed...) - Portugal 2007

How do i miss you?!
So so so much...

quarta-feira, 16 de abril de 2008


Sintra - Portugal 2008

Hoje descobri esta frase e concordo completamente com ela. Diz assim:

"To Take a photograph is to align the head, the eye and the heart. It's a way of life."

(Henri Cartier-Bresson - 1908 a 2004 - Fotógrafo fundador da agência fotográfica Magnum, também conhecido como o "pai" do Fotojornalismo)


É raro eu aparecer em fotografias. Normalmente sou eu a tirá-las, e prefiro que posem para mim. Na minha cabeça e a quase todo o momento compõem-se imagens, cores e figuras. Às vezes até se torna difícil controlar isto. Chega a ser uma corrente forte repleta de remoinhos.


Em quase tudo e quase todos vejo uma boa fotografia. Imagino a luz, o sítio e a posição ideal. E não menos importante a expressão facial (no caso de fotos a pessoas) para conseguir transmitir o que quero. Só quero transmitir qualquer coisa, passar uma mensagem, falar sem dizer a quem me me olha e me vê. Uma vezes coisas boas, outras nem tanto. Mas que despertem algo.


Hoje em dia é apenas um hobbie, ao qual talvez até nem dedique tanto tempo quanto desejasse...mas pensando sobre esse sonho muitas vezes me pergunto se não terá tanto valor por isso mesmo. Por não ser banal. Por não ser obrigação. Por ser espontâneo e natural.

segunda-feira, 7 de abril de 2008


Vila Viçosa - Portugal - Outubro 2007

"Hoje acordei e senti-me sozinho Um barco sem vela Um corpo sem linho.
Amanheci e vesti-me de preto... Um gesto cansado O olhar no deserto.
Quando todos vão dormir É mais fácil desistir.
Quando a noite está a chegar É difícil..."
(letra de Pedro Abrunhosa - É Difícil - Tempo -1996)

Caça


(em) Portugal- Outubro 2007

"O que não se compreende não se possui."

Goethe (1749-1832)