segunda-feira, 13 de junho de 2011

Mistérios de Lisboa


Já terminei de ver o filme que é realmente uma longa (muito longa mesmo!) metragem (4h26m), com base no "trágico e intemporal" romance de Camilo Castelo Branco (1854). Gostei, acho que vale a pena pela estória intrincada e principalmente por conseguirmos ter percepção de como eram as coisas naquele tempo, para os ditos nobres. As conversas, os interesses, os saraus, os duelos, as relações, as roupas e a própria maneira das coisas acontecerem.

Frase que me ficou do filme quase a terminar:
"Descobre-se depressa que não é difícil desaparecer aos olhos dos outros, mas os nossos próprios olhos seguem-nos por todo o lado".

Dá que pensar. Podemos fugir dos outros mas nunca de nós próprios e às vezes nós representamos para nós mesmos os nossos maiores perseguidores e os nossos maiores medos. Há enfim que aceitar isso e enfrentá-lo.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Ta excelente! Adorei!

(recebi isto por mail e não resisti a colocar aqui. Ah....e passo a publicidade para as marcas que são referidas!! :))

Um sujeito está numa entrevista para emprego. O psicólogo dirige-se ao candidato e diz:
- Vou fazer-lhe o teste final para a sua admissão.
- Perfeito! - diz o candidato.
 O psicólogo pergunta:
- Você está numa estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados a virem na sua direcção. O que acha que é?
- Um carro. - diz o candidato.
 - Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Um BMW, um Audi, um Volkswagen?
- Não dá para saber, não é?
 - Hum... - diz o psicólogo, que continua - Vou fazer-lhe outra pergunta: Você está na mesma estrada escura e vê só um farol a vir na sua direcção. O que é?
- Uma mota - diz o candidato.
- Sim, mas que tipo de mota? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki?
- Sei lá, numa estrada escura, não dá para saber... (já meio nervoso)
 - Hum..., diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
- Na mesma estrada escura você vê novamente um só farol, menor que o anterior, e você apercebe-se que vem mais lento. O que é?
 - Uma bicicleta.
 - Sim, mas que tipo de bicicleta? BTT, estrada, passeio...?
 - Não sei.
- Lamento, mas reprovou no teste! - diz o psicólogo.

Aí o candidato dirige-se ao psicólogo e fala:
- Interessante esse teste. Posso fazer-lhe uma pergunta também?
 - Claro que pode. Pergunte.
-Você está à noite numa rua iluminada.Vê uma mulher com maquilhagem carregada, vestidinho vermelho bem curto, a girar uma bolsinha... o que é?
 - Ah! - diz o psicólogo - é uma puta.
 - Sim, mas que puta? A sua irmã? A sua mulher? Ou a puta que o pariu?

Ora toma lá!! :D

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Strauss-Kahn - armadilha?!

(Desconheço o autor e a fonte original deste desenho pelo que não posso referi-lo aqui como deveria. Se alguem souber, por favor avise-me.)

Dominique Strauss-Kahn (DSK) foi, no passado dia 14 de Maio, preso e acusado de tentativa de violação, sequestro e abusos sexuais (agressão sexual) a uma empregada de hotel em Nova Iorque, nos EUA.
Um caso que dava um filme, e parece-me que bem empolgante! Porque não obstante aquilo que realmente aconteceu surgem agora discussões sobre se terá sido ou não uma armadilha...

Pontos a desfavor desta teoria:
- Alegada vítima (mulher de origem senegalesa) é tida como uma empregada exemplar, uma "mulher recatada e uma muçulmana devota";
- DSK parece ser conhecido entre os amigos e conhecidos como um predador sexual, com especial gosto por mulheres negras;
- Episódios de infidelidade são publicamente conhecidos;
- Foram encontrados e confirmados vestígios de ADN de DSK na roupa da vítima.

Pontos a favor da teoria (da conspiração):
- Não era suposto a empregada entrar no quarto de hotel para efectuar a limpeza se este não estivesse vazio;
- Se DSK sabia ter cometido um crime e estando em território americano sabia também que se fosse apanhado não poderia vir a ser extraditado, porque é que não teve problemas em ligar para o hotel antes do avião com rumo a Paris partir do aeroporto JF Kennedy para pedir que lhe levassem o telemóvel de que se tinha esquecido no hotel, dando-lhes assim indicação do seu paradeiro?; 
- Americanos com interesse em afastar DSK da direcção do Fundo Monetário Internacional (FMI);
- Franceses com interesse em afastar DSK das próximas eleições presidenciais em 2012, às quais consta que poderia vir a ser um forte candidato pelo Partido Socialista;
- Notícia da detenção de DSK foi publicada no twitter de um membro do partido de Sarkozy uma hora antes de ser publicada nos meios de comunicação social;
- DSK terá dito há pouco tempo que sabia que quereriam eliminá-lo da corrida às presidenciais, nem que para isso "pagassem 1 milhão de dólares a uma mulher para esta dizer que ele a violou".

Entretanto DSK já pediu a demissão de director-geral do FMI. Foi aceite.
A defesa vai agora alegar que se tratou de sexo consentido, e até ao julgamento e decisão final DSK está a viver luxuosamente, em regime de prisão domiciliária, no TriBeCa.

Qual a vossa opinião deste caso?

Eu acho que o senhor não é propriamente um anjinho e muito provavelmente é mesmo um "predador" sexual. (Mas) E muito provavelmente também praticou sexo consentido com a tal mulher. Não acho que seja impossível ou pouco provável simular um caso de agressão sexual com base em vestígios que tenham sido adquiridos via consensual.

Quem é que agora sabe ao certo o que aconteceu se não eles os dois?

ah.....e parece-me haver aqui uma outra coisa também a investigar!! este caso tem demasiadas siglas e acrónimos!!! DSK, EUA, JFK, FMI, TriBeCa.... hummmmmmmmmmm