sábado, 16 de janeiro de 2016

Bom fim-de-semana!


:)

Gosto...

... do espelho e da simetria perfeita das dez para as dez, e das duas e dez. Resulta nas dez para as duas e nas dez e dez!

São a mesma coisa... se esquecermos essa coisa chata de horas e minutos e qual é o quê em determinado momento!

(Não perceberam nada?!?! Dont worry... isto são só devaneios linguístico-matemático-esquisitos.)

Surrealidades do meu dia-a-dia #39 e #40

1 - Ao telefone:

-Sim, é da Consulta do Viajante na localidade X?
- Sim sim. Diga.
- Precisava marcar consulta para fazer vacinação.
- Mas a senhora está a falar de um sítio onde também existe consulta do viajante! Nem precisava ter ligado!
- Ai é? Olhe não sabia. Isso nem consta da informação oficial da DGS. Deve ser recente. Então sendo assim faço a consulta por aqui. Obrigada!
- Sim sim. Mas depois para as vacinas é que tem de vir cá.
...(silêncio)
- .... ahhhhh então para que é que vou à consulta do viajante aqui se depois tenho na mesma de ir aí levar as vacinas?
- Pois é assim minha senhora. Então quer marcar para que dia?

(continuo a perguntar-me qual a relevância em existir a consulta do viajante na localidade onde vivo se não podem vacinar. Será apenas para dar informações?!?! Hello!!! Para isso temos a internet! What a f&$k;%$!!)

2 - Num balcão:

- Estão aqui os meus documentos de identificação.
(um grito surpreendido) - Olha que engraçado! Você tem mais 10 anos que o meu filho!
- Ai é? Ele também nasceu a x (dia) de y (mês)?
- Não não. O dia e o mês são diferentes. Ele nasceu foi 10 anos depois de si.

(ora bem...foi numa data completamente diferente... 10 anos após é certo... mas tipo... qual é a cena surpreendente aqui?!?!? Todos temos diferença de minutos, dias, meses, e anos de nascimento uns dos outros. Se fosse no mesmo dia entendia o que teria chamado a atenção daquela mãe mas assim...  não percebi... restou-me comentar:
- Bem... ao menos somos do mesmo signo!

(o que é que uma pessoa responde numa situação destas!?!?!?)

:D

Literalmente... Perspectiva(ndo)



Tudo depende da forma como olhamos as coisas... :) :D Quererá isto dizer que a visão nos limita o discernimento ou, pelo contrário nos expande as possibilidades, tal que para além daquilo que vemos e temos como real e certo... haverão mais mil e uma verdades simultâneas, paralelas...?!

domingo, 10 de janeiro de 2016

Boa semana!


A semana já está à espreita... venha ela! E que seja boa! ;)

Beijinhos a todos.

A ouvir, perspectivando. A perspectivar, ouvindo.

Fecho os olhos e sorrio. Sei que tudo faz e tem um sentido. Um sentido muito maior do que conseguimos perspectivar na nossa mera e humana existência, perdidos algures entre mares e montanhas a que chamamos de dia-a-dia. Perdidos a tentar sobreviver. A tentar alcançar mais um dia, mais qualquer coisa, mais caminho. E o caminho somos nós. Não são precisas montanhas nem mares. A viagem faz-se dentro de cada um de nós. Em silêncio, abro os olhos, e sorrio. Sei que vou esquecer-me desta mensagem daqui a pouco. Preciso fazê-lo. Para poder continuar a achar-me perdida por entre mares e montanhas, por entre montanhas e mares. Para poder criar um sentido, qualquer coisa a que possa chamar de caminho, e nele possa continuar a encontrar mais um dia.

Divenire - Ludovico Einaudi