quinta-feira, 13 de abril de 2017

A ti.


Por que me escolheste, não sei
Mas sei que foste tu quem me escolheu
Foste tu quem decidiu chegar e alojares-te em mim, dentro de mim
Foste tu quem decidiu o como e o quando e com quem.
Tenho portanto fé em ti, que pareces saber tudo quanto fazes
Subtil e autoritariamente assim te vais revelando
E eu, de ti vou gostando...
E aceito tudo, a tudo te digo que sim, sem questionar nada
Porque o sentir-te vivo e em mim
Lembra-me que me abençoaste com a tua escolha.